Weby shortcut

Acervo Colégio Santa Clara

Atualizado em 20/10/17 19:20.

O Acervo Santa Clara foi doado para o Laboratório de Musicologia Braz Wilson Pompeu de Pina pelas Irmãs Franciscanas da Ação Pastoral do Colégio Santa Clara no ano de 2016. O Colégio Santa Clara começou suas atividades em 1921, na antiga cidade de Campinas que, em seguida, virou bairro da capital goianiense.

As partituras doadas remontam o final do século XIX e fazem parte do acervo que as próprias Irmãs Franciscanas trouxeram da Alemanha. Há um bom número de partituras corais, e algumas partes de piano e violino. Todas as partituras eram utilizadas nas disciplinas de música que eram ministradas na escola e, também, nas missas realizadas na capela do colégio. Nas primeiras décadas de Goiânia as Irmãs Franciscanas eram as responsáveis pela música nas Missas e festividades na Matriz de Campinas e Trindade, como a Festa do Divino Pai Eterno. Inclusive o acervo foi inicialmente catalogado pelas mesmas.

Agora está sendo feito uma nova catalogação e principalmente a divulgação desse acervo. Foram realizados três projetos de iniciação científica (PIBIC) e um projeto de mestrado, orientados pelo Dr. Ângelo Dias. Frutos do projeto de pesquisa “O Canto Coral em Goiânia – Trajetórias e Perspectivas”. Investigação do movimento canto coral em torno do Colégio Santa Clara durante a década de 70, quando o acervo parou de receber novas partituras. Hoje o acervo tem gerado grande material de concerto.